Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.fucamp.com.br/jspui/handle/FUCAMP/479
Título: O Ciberbullying como agente prejudicial à aprendizagem de alunos dos anos finais do ensino fundamental
Autor(es): Gomes, Tatiane Aparecida dos Santos
Orientador: Brasão, Heber Junio Pereira
Palavras-chave: Ciberbullying;Aprendizagem;Ensino Fundamental
Data do documento: 16-Dez-2019
Resumo: Vivemos em uma sociedade cada vez mais interconectada, com informações e comunicação disponíveis vinte e quatro horas. A era da informação e da comunicação tem aspectos sociais e educacionais positivos, mas também alguns que são muito prejudiciais a aprendizagem e socialização dos alunos como o ciberbullying. Essa violência cibernética deve ser discutida na escola com professores, pais e alunos pois a invasão da privacidade do aluno nas redes sociais pode ser prejudicial a aprendizagem e ao psicológico, causando baixa autoestima, trazendo tristeza, depressão e vários outros fatores em consequência ao ciberbullying. O objetivo do artigo foi promover uma reflexão sobre o ciberbullying, suas causas e consequências para a aprendizagem e propor um projeto de aula com o tema voltado para os anos finais do Ensino Fundamental. As metodologias utilizadas foram a pesquisa bibliográfica na perspectiva qualitativa e a pedagogia de projetos. Discutir o ciberbullying na escola é fundamental para a conscientização dos alunos sobre os perigos do uso indevido dos avanços tecnológicos que podem levar a violência virtual, mas ter consequências reais como: depressão, baixa autoestima, queda no rendimento escolar, evasão escolar, comportamentos violentos e suicídio. O papel da escola é orientar os alunos para não cair nas armadilhas das redes sociais, preparando-os para utilizar os recursos tecnológicos de maneira ética, cidadã e responsável, conscientizando-os que suas ações no mundo virtual têm consequências no mundo real.
Abstract: We live in an increasingly interconnected society, with information and communication available around the clock. The information and communication age has positive social and educational aspects, but also some that are very detrimental to student learning and socialization such as cyberbullying. This cyber violence should be discussed at school with teachers, parents and students as the invasion of student privacy in social networks can be detrimental to learning and psychological, causing low self-esteem, bringing sadness, depression and various other factors as a result of cyberbullying. The aim of the article was to promote a reflection on cyberbullying, its causes and consequences for learning and to propose a class project with the theme focused on the final years of elementary school. The methodologies used were the bibliographical research in the qualitative perspective and the pedagogy of projects. Discussing cyberbullying at school is critical to raising students' awareness of the dangers of misuse of technological advances that can lead to virtual.violence, but have real consequences such as depression, low self-esteem, poor school performance, dropout, violent behavior and suicide. The role of the school is to guide students not to fall into the trap of social networks, preparing them to use technological resources in an ethical, citizen and responsible manner, making them aware that their actions in the virtual world have real-world consequences.
URI: http://repositorio.fucamp.com.br/jspui/handle/FUCAMP/479
Aparece nas coleções:Letras - Artigos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Ciberbullyingagenteprejudicial.pdf303,88 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.