Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.fucamp.com.br/jspui/handle/FUCAMP/513
Título: Verificação da acessibilidade para cadeirantes no Terminal Rodoviário de Romaria - MG
Autor(es): Borges Júnior, Kenio Rodrigo
Orientador: Costa, Emiliano Silva
Palavras-chave: Acessibilidade;NBR 9050;Cadeirante
Data do documento: 4-Dez-2019
Resumo: No Brasil, nota-se que é baixo o percentual de locais públicos e privados com acessibilidade, e apesar de existirem Leis que obrigam o espaço urbano ser acessível, esta não é uma realidade. Com a falta de planejamento, muitos indivíduos com mobilidade reduzida se isolam dentro de suas necessidades, por dependerem de outras pessoas para se locomover. Nesse sentido, em dezembro de 2000, foi criada a Lei n° 10.098, que gere normas e critérios de acessibilidade, buscando eliminar barreiras que impeçam os cidadãos com mobilidade reduzida de se locomoverem. O Terminal Rodoviário de Romaria-MG, foi o objeto de estudo do presente trabalho, visto sua importância, pois é um espaço público que recebe vários transitantes diariamente, e o mesmo deveria ter sido planejado de forma que todos tivessem acesso com autonomia. O estudo avaliou os itens de acessibilidade para cadeirantes e propôs adequações aos mesmos com base na NBR 9050, e os itens avaliados foram as rampas de acesso ao terminal rodoviário, largura das portas, corredores e sanitários. Observou-se que no local os itens avaliados estão em desacordo com as especificações da norma de referência. Assim, além de apontadas as irregularidades encontradas no terminal rodoviário, foram propostas adequações aos itens avaliados visando beneficiar não só cadeirantes, mas também pessoas portadoras de outras deficiências, além de idosos, priorizando o direito de ir e vir com autonomia.
Abstract: In Brazil, it is noted that the percentage of public and private places with accessibility is low, and although there are laws that oblige urban space to be accessible, this is not a reality. With the lack of planning, many individuals with reduced mobility isolate themselves within their needs, because they depend on other people to move around. In this sense, in December 2000, Law No. 10,098 was created, which generates norms and criteria for accessibility, seeking to eliminate barriers that prevent citizens with reduced mobility from moving around. The Bus Terminal of Romaria-MG, was the object of study of this work, given its importance, because it is a public space that receives several transitantes daily, and the same should have been planned so that all had access with autonomy. The study evaluated the accessibility items for wheelchair users and proposed adjustments to them based on NBR 9050, and the items evaluated were the ramps for access to the bus terminal, door width, corridors and toilets. It was observed that on site the evaluated items are in disagreement with the specifications of the reference standard. Thus, in addition to pointing out the irregularities found in the bus terminal, adjustments were proposed to the items evaluated in order to benefit not only wheelchair users, but also people with other disabilities, in addition to the elderly, prioritizing the right to come and go with autonomy.
URI: http://repositorio.fucamp.com.br/jspui/handle/FUCAMP/513
Aparece nas coleções:Engenharia Civil - TCC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
verificacaoacessibilidadepara.pdf1,21 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.